quarta-feira, 26 de março de 2014



Teu bom pensamento longínquo me emociona.
Tu, que apenas me leste, acredistate em mim
e me entendeste profundamente.
Isto me consola dos que me viram,
a quem mostrei toda minha alma,
e continuaram ignorantes de tudo que sou,
como se nunca tivessem me encontrado.

Cecília Meirelles

Nenhum comentário: