sexta-feira, 22 de março de 2013

Que força é essa, linda flor?



Olixiana, minha índia guerreira. Desde pequenininha quando perguntavam o seu nome, ela não tinha dificuldade em responder, também, não titubeava em contar o significado para os que se intrigavam: "Índia guerreira!" A mesma cor dos olhos, do cabelo, da pele. Todas essas características somadas à sua personalidade a tornaria uma pessoa incomum. Tão pequena. Tão menina. Tão sabida. Dizem que o nosso nome carrega a nossa marca, é uma espécie de vínculo com a nossa personalidade, identidade. Particularmente, a sua história de vida vem comprovar a sua força que tem raiz no seu nome: GUERREIRA!



Minha pequena, há quinze anos tudo mudou na minha vida porque a sua vida chegou. Tive uma filha, uma amiga, uma irmã. Você sempre foi a minha companheirinha. Minha irmã amada. Hoje, a minha menininha que começou a crescer (cresce e cresce cada vez mais) já ensaia voos... e voa!!!


O meu desejo é de te ver voando alto e feliz. Não esqueça que sempre estarei COM VOCÊ!

Nenhum comentário: