terça-feira, 30 de outubro de 2012

game over


Penso que acreditar em destino é mesmo uma esperança: o destino trará, o destino unirá, o acaso não existe, pois nada acontece por acaso. Respeitemos a fé. Eu, que tenho tanta fé! Estou pensando que não existe destino, existe escolha. E, claro, todas as consequências dela.
A espera pode ser um tempo incontável. Ela pode levar a vida toda, ou mais. Respeitemos os que esperam. Eu não posso mais...

3 comentários:

Melina disse...

Destino de cu é rola. Pra mim essa é a maior balela do universo. Acredito que na vida exista tanto a causalidade (ações de causa e efeito) como a casualidade (eventos casuais, ou seja, arbitrários, sem causa específica). No entanto, tudo isso está imerso numa sociedade que molda toda nossa vida e nossa consciência, nos tirando a liberdade. Viver fazendo escolhas VERDADEIRAS não é tarefa fácil e tem sido um grande desafio pra mim.

Daniela Inocêncio disse...

Que texto lindo, Juju!

Bibi disse...

Concordo com a Mel. Cada vez mais procuro tomar decisoes verdadeiras, e meu Deus, é muito dificil.