quarta-feira, 11 de abril de 2012

felicidade se acha em horinhas de descuido




É no olhar, sobretudo, que a amizade se confirma. É no jeito de olhar que nos reconhecemos no primeiro momento, nós, amigos recentes de longas datas. Isso porque amigo tem esse olhar bom: ele nos olha como se realmente quisesse nos ver, sem nenhum outro interesse que não seja a oportunidade boa e rara de partilhar amizade. Ele nos vê e permanece ao nosso lado, esse conforto que palavra alguma é capaz de traduzir. Esse detalhe grandioso que faz toda a mágica acontecer, porque amar é também a arte de cuidar com os olhos.


Ana Jácomo

Um comentário:

Anônimo disse...

Que lindo, Ju!!!
Já li e reli a sua carta muitas vezes. Sempre me emociono. Conte sempre comigo, viu?
Bjs
(Vc sabe)