sábado, 30 de abril de 2011

só por você isso me alivia

Quando eu fui embora, um presente na minha mão você deixou
eu guardei teu sentido, e nunca esqueci de onde vinha
aquela lembrança era meu endereço
pra outra chance, outra vida

uma vez estivemos tão perto
eu sei que cheguei tao perto de você
que conheço tuas entranhas
que o meu silêncio era teu


que esbarrei em teu coração








"Viajo sozinha com o meu coração. Não ando perdida, mas desencontrada. Levo o meu rumo na minha mão."

Cecília Meireles

Nenhum comentário: