quinta-feira, 1 de outubro de 2009

rosa de sol,
tua semente se foi muito cedo
e brotou para dentro
filha do sol,
depois daquele dia,
vc é o silêncio mais aflito
a dor mais antiga
caminha junto ao coração.


é o teu silêncio nos meus olhos
o teu desenho de felicidade
a tua resposta de vida
a minha rosa
sou eu, sendo tão você
vindo tão de você.



é fácil reconhecer tua voz.

Nenhum comentário: